CONSTRUTORAS

Ranking da Revista Amanhã aponta Plaenge como maior construtora da Região Sul      

01/12/2021 15:30:00

Ranking da Revista Amanhã aponta Plaenge como maior construtora da Região Sul      

O ranking 500 Maiores do Sul, publicado anualmente pela Revista Amanhã, de Porto Alegre, destaca a Plaenge como a maior construtora do Sul do país

A publicação classifica as 500 maiores empresas da região Sul.

A empresa foi classificada como a maior da região no setor de Construção e Imobiliária pelo critério da receita líquida.

Em 2020, a Plaenge atingiu receita líquida de R$ 1,075 bilhão, com crescimento de 29,8% em relação ao ano anterior. 

A construtora anunciou, em agosto, o início de sua operação em Santa Catarina.

A construtora tem um total de cinco empreendimentos planejados para os próximos dois anos em SC, totalizando Valor Geral de Vendas (VGV) de R$ 400 milhões.

No dia 25 de novembro, fez seu primeiro lançamento na região, um empreendimento residencial chamado Vitra.

Também inaugurou sua central de vendas em Joinville, que integra as marcas Plaenge e Vanguard.

A construtora projeta encerrar 2021 com 22 lançamentos no Brasil e no Chile, que devem atingir um VGV (Valor Geral de Vendas) de R$ 2 bilhões

A Região Sul é alvo de recentes expansões da construtora, que está em Porto Alegre desde 2018 e, em 2021, chegou a Joinville. 

No total, o Grupo opera em nove cidades brasileiras: além de Joinville, Curitiba, Londrina e Maringá (PR), Campo Grande (MS), Cuiabá (MT), São Paulo e Campinas (SP), Porto Alegre (RS), e no Chile.

Maurício Dallagrana, gerente geral da Plaenge em Santa Catarina, aponta:

“Estamos na vanguarda tecnológica do nosso segmento por meio de tecnologias como BIM, Lean Construction, Big Data e automatização". 

"Nos últimos anos, trouxemos para o mercado imobiliário as práticas de gestão e de design do mercado automobilístico europeu, por meio da forte parceria com a Porsche Consulting, que nos permitiu ter um controle rigoroso e de alto nível de nossos processos de criação de produtos, gestão da produção e de relacionamento digital com nossos clientes”.






E-book da IPM Sistemas tira dúvidas de gestores públicos sobre Siafic

Novo sistema de controle de gastos públicos precisa ser implementado até o fim do ano